daquele dia que se esqueceu de propósito que dia era

Dos bilhetes que lhe escrevia no trabalho, estava certa, não sobrou nenhum. Encontrou-os no lixo e não quis tocá-los. Fechou os olhos e sustentou-se. Lembrou-se dos "neoqeav" que nunca escrevia certo, dos coraçõezinhos à caneta vermelha. Dos abraços que eram como uma descarga elétrica que lhe recarregava todas as energias, que a impulsionavam para o... Continuar Lendo →

Anúncios

Ursa maior

Eu gostaria de criar uma realidade, um universo paralelo que eu pudesse visitar quando sentisse a intangível necessidade de ter você em meus braços outra vez. Sim, eu compreendo que jamais serei perdoado pelo erro de não reconhecer a grandeza do seu coração, por te olhar, te desejar, te querer para mim e não te... Continuar Lendo →

Day after day

Esquecer um amor nunca é fácil!! Principalmente se for um amor que você sempre quis sentir, se for um sentimento pelo qual você esperou por muito tempo, até quase pensar que ele não existia... Nesse processo de esquecimento, que podemos comparar ao luto, existem dias fáceis e dias difíceis. No começo, quase todos são difíceis,... Continuar Lendo →

O punhal de Julieta

Desde que a minha alma tocou a sua, desde que ela se deixou invadir pela energia cósmica que vinha de você, tem sido impossível enxergar a alma de outra pessoa. É sempre um encontro vazio, seguido de outro e de outro. Não é que os outros sejam ruins, até porque você nunca foi tão bom... Continuar Lendo →

para o alto e avante!

A gente cresce. O bom da vida é que a gente cresce. E, às vezes, a gente cresce tanto que deixa de caber em espaços pequenos demais e não se sujeita mais a ser pequeno pra caber no outro. A gente aprende a querer ser grande e transbordar no outro e, ao mesmo tempo, deixar... Continuar Lendo →

Um novo sol

E quando eu abri os olhos percebi que as cortinas haviam desaparecido e o mundo parecia colorido pela primeira vez em muito tempo, desde que eu coloquei meu olhos em você. O casaco que eu vestia tornou-se desnecessário quando o sol adentrou novamente a minha vida - e eu nem me lembrava qual a era... Continuar Lendo →

Mal necessário

É preciso ver o corte sangrar até estancar sozinho É preciso sentir as lágrimas quentes se misturarem à água do chuveiro e não saber mais há quanto tempo está sentada no chão do banheiro É preciso, é realmente preciso, ter que segurar as lágrimas dentro do ônibus na volta do trabalho E ainda mais do... Continuar Lendo →

Um raio de esperança

Vou colocar meu vestido azul e na Rio Branco eu vou dançar Quando esse carnaval passar, quando esse vendaval passar E de nada disso eu vou me lembrar, não vou me lembrar E até seu nome eu vou ver se apagar, vai se apagar E todas as palavras ruins que ouvi alguém falar Porque sobre... Continuar Lendo →

Extraordinariamente comum

Acordei e percebi que posso sorrir, embora não sem dor, ao olhar para o que vivi por você. Sim, posso sorrir, isto é maravilhoso depois de dezessete meses sem conseguir pensar em você sem abaixar os olhos e engolir o choro. Ninguém é obrigado a amar de volta. Percebi que era quase uma bobagem o... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑